Dia Nacional da Juventude Trabalhadora

28março b7ded Por força de surto pandémico do Coronavírus (COVID-19) foi suspensa a Manifestação Nacional da Juventude Trabalhadora que estava convocada para o dia 26 de março, em Lisboa. Porém, não cessamos a nossa luta e acção reivindicativa!

Esta situação excepcional coloca a nú, não só a necessidade premente de um real investimento e valorização do SNS e nos seus profissionais, como a vulnerabilidade em que os trabalhadores, nomeadamente os jovens, trabalham e vivem.

Vídeo

Ler mais...

Governo exclui faltas justificadas em período de férias escolares

200319 GarantirDireitosTrabalhadores 1 f2cc9 MEDIDAS EXCEPCIONAIS DEVEM SALVAGUARDAR DIREITOS DOS TRABALHADORES

O STAL considera inaceitável a exclusão do período de férias escolares como motivo para justificar ausências ao trabalho e exige que o governo corrija esta flagrante injustiça que irá dificultar ainda mais a situação das famílias.

O decreto-lei nº 10-A/2020, de 13 de Março, veio estabelecer um conjunto de medidas excecionais e temporárias de protecção dos trabalhadores, no quadro da situação epidemiológica que o País vive.

Ler mais...

CGTP-IN exige que as medidas garantam a totalidade das retribuições e dos direitos dos trabalhadores

COMUNICADO DA CGTP-IN

A CGTP-IN, face à declaração do Estado de Emergência e às medidas adoptadas pelo Governo para lhe dar forma, bem como sobre o recente pacote de apoios às empresas, considera:

É necessário valorizar e manifestar todo o apreço pelo trabalho dos que estão na linha da frente do combate ao Covid-19, quer seja no plano da saúde e segurança, quer seja dos que garantem os serviços e bens essenciais à população;

Ler mais...

Direitos e protecção social para quem trabalha

cgtpGUIÃO SOBRE MEDIDAS TOMADAS PELO GOVERNO - COVID-19

A CGTP-IN elaborou um guia sobre as medidas tomadas pelo governo relativamente à epidemia de Covid-19 onde esclarece quais os direitos e protecção social para quem trabalha.

O STAL disponibiliza aqui o guia para auxiliar no esclarecimento de eventuais dúvidas.

Reforçar os serviços públicos e os direitos dos trabalhadores é o único caminho!

FC2 8c456NOTA DE IMPRENSA DA FRENTE COMUM - COVID-19

Face aos recentes desenvolvimentos sobre a situação vivida pelos trabalhadores e pelas populações, a Frente Comum de Sindicatos da Administração Pública sublinha a importância decisiva e crucial dos trabalhadores da Administração Pública no combate à pandemia provocada pela Sars-CoViD-2, o novo coronavírus.

Os serviços públicos têm sido a pedra basilar na luta pela sobrevivência em todas as frentes, desde a saúde à higiene urbana, energia, poder local, segurança social, entre tantos outros sectores, demonstrando bem a importância da garantia das funções sociais do estado e do reforço dos direitos dos seus trabalhadores.

Ler mais...

Autarquias e empresas têm de tomar medidas que protejam os trabalhadores

Covid 4411dSTAL ENVIA CARTA CIRCULAR

O STAL dirigiu hoje, 17, uma carta-circular a todos os Presidentes de Câmara do País e aos Presidentes do Conselho de Administração de Empresas Locais ou Concessionárias de Serviços Públicos, apelando a que sejam tomadas medidas extraordinárias para garantir a protecção e defesa da saúde dos trabalhadores que apesar da pandemia de COVID-19, vão continuar a trabalhar de forma a garantir o funcionamento dos serviços públicos e a garantir de condições de salubridade.

Ver comunicado

Ler mais...

Frente Comum suspende a realização da Greve de dia 20 de Março

200313 Suspensa GreveNacionalAP 20Marco a1af0Nesta fase de contenção da infecção pelo novo coronavírus, tendo a OMS declarado situação de pandemia, e dado o momento que se vive em Portugal, com o encerramento de um conjunto muito alargado de serviços públicos, a Frente Comum decidiu suspender a realização da Greve Nacional dos Trabalhadores da Administração Pública agendada para dia 20 de Março, assegurando desta forma que os serviços funcionarão com a normalidade possível perante o quadro que se vive.

Reafirmando que todas as razões que motivaram a marcação desta Greve Nacional se mantêm e, aliás, têm hoje ainda mais validade e pertinência, a Frente Comum dará a necessária continuidade à luta por melhores salários, pela valorização das carreiras, por uma efectiva negociação e em na defesa dos Serviços Públicos, considerando as formas de luta que melhor se adequem, nos momentos concretos.

Ler mais...

STAL cancela concentração nacional dos trabalhadores de empresas do sector dos resíduos, EGF e SUMA, prevista para dia 16 de Março, frente à sede da Mota-Engil.

200303 CartazConcentracaoEGF 16Março cancelado 36e30Face ao surto de SARS-COV-2, que provoca a doença COVID-19, a Direcção Nacional do STAL, não querendo contribuir para alarmismos e tendo em conta as orientações emanadas pelas autoridades de saúde, decidiu cancelar a concentração nacional de trabalhadores dos resíduos das empresas do grupo EGF e SUMA, prevista para o dia 16 de Março, frente à sede da Mota-Engil, em Linda-a-Velha.

Ler mais...

Concentração nacional dos trabalhadores de empresas do sector dos resíduos

200310 ConcentracaoTrabResiduos d2104 MAIS SALÁRIO, DIREITOS E RESPEITO PELA CONTRATAÇÃO COLECTIVA

Os trabalhadores das empresas do sector de resíduos da SUMA, Amarsul e do Grupo EGF, nomeadamente Valorminho, Resulima, Resinorte, Suldouro, Resiestrela, ERSUC, Valorlis, Valnor e Algar, concentram-se no próximo dia 16 de Março, pelas 10.30 horas, na sede da EGF, Linda-a-Velha, concelho de Oeiras.

Ler mais...

8 de Março - Dia Internacional da Mulher Trabalhadora

8MarcoFinal min 514e0 LUTAMOS PARA CONQUISTAR:

Estabilidade no emprego e o fim da precariedade.
A cada posto de trabalho permanente tem de corresponder um vínculo de trabalho efectivo.

Valorização dos salários e igualdade salarial entre mulheres e homens.
Salário igual para trabalho igual ou de valor igual e aumento salarial de 90 euros mensais.

Organização do tempo de trabalho com direito à conciliação com a vida familiar e pessoal.
Revogação dos regimes de adaptabilidades e de bancos de horas; fim do recurso excessivo e desnecessário ao trabalho por turnos e laboração contínua e 35 horas de trabalho semanal, sem perda de retribuição.

Reforço e qualidade dos serviços públicos.
Educação, saúde, habitação, protecção social, estruturas públicas de apoio (crianças e idosos), mais e melhores transportes públicos e acesso à justiça.


TEMOS DIREITO:
À organização do trabalho em condições socialmente dignificantes, de forma a facultar a realização pessoal e a permitir a conciliação da actividade profissional com a vida familiar (art.º 59º da CRP)

Ler mais...

Marginalizar, perseguir, reprimir trabalhadores é crime!

AssedioAlmada 51715REPORTAGEM SIC

Repressão, Perseguição, marginalização: é necessário combater, é necessário lutar!

Não há só uma forma. Há várias formas, umas, as mais discretas, são as mais difíceis de denunciar...

Programa da SIC que aborda estas questões na Câmara Municipal de Almada.

Ver reportagem

Alargar a luta de todos e com todos

200220 COM4 EGF AlargarLuta site e490f PELO AUMENTO DOS SALÁRIOS, PELA VALORIZAÇÃO DAS CARREIRAS, PELA MELHORIA DAS CONDIÇÕES DE TRABALHO!

Os trabalhadores da EGF têm dado provas de grande firmeza e coragem na luta pelos seus direitos laborais, pelo seu futuro, pelo futuro do importante serviço público que prestam às populações e de uma empresa que deveria estar ao serviço do interesse nacional (todos nós), ao invés de ser utilizada como meio de exploração e apropriação da riqueza criada pelos trabalhadores.

Comunicado

Ler mais...

STAL colocará acções de associados em tribunal

200227 ontosProgressao min a80c3PELO DIREITO À PROGRESSÃO

O STAL irá meter acções em tribunal contra os actos administrativos impeditivos das progressões em causa, ou que condicionem esse direito, por via da supressão dos pontos. É pois necessário e imperioso que os trabalhadores, sócios do STAL, reclamem os seus direitos com o apoio do Sindicato!

Depois de estabelecer a «remuneração base» na Administração Pública em 635,07 euros (Decreto-lei 29/2019), medida que valorizamos, mas que é inferior ao que o STAL e a CGTP-IN têm reclamado, o governo tirou com uma mão o que deu com a outra.

Ler mais...

Grande vitória dos trabalhadores da Ecoambiente.

STAL Ecoambiente 20200227 min a0485 MUNICÍPIO DE MAFRA

A Ecoambiente, empresa que detém a concessão da recolha de resíduos sólidos no Município de Mafra desde o ano de 2000, com cerca de 50 trabalhadores, a sua maior parte num horário das 05h00 às 12h30, nunca pagou as duas horas de subsídio nocturno, determinadas pelo Código de Trabalho, para quem trabalhe até às 7h00.

Ler mais...

Não às desigualdades entre trabalhadores!

200217 COM CMLagoa f22e8 O Presidente da Câmara Municipal de Lagoa apresentou ao STAL uma contraproposta de Acordo Coletivo de Empregador Público – ACEP onde consta, como o STAL propôs, a dispensa dos trabalhadores no dia do aniversário e no dia do funeral de tios e sobrinhos e tolerância de ponto na Terça-feira de Carnaval.

Ler mais...

STAL-Informa

Subscreva aqui a Newsletter e receba regularmente informação do STAL.

Partilhe connosco as suas preocupações