Trabalhadores da Amadora exigem respeito

180406 PlenarioAmadora 288pxPLENÁRIO FRENTE À CÂMARA MUNICIPAL DA AMADORA

Cerca de 200 trabalhadores do município e freguesias da Amadora concentraram-se hoje, 6 de Abril, em frente à sede da Câmara Municipal para exigir a renegociação do Acordo Colectivo de Empregador Público (ACEP).

Neste plenário, convocado pelo STAL, foi apresentada e aprovada por unanimidade uma moção exigindo: a devolução dos 3 dias de férias roubado pelo anterior governo; o respeito do direito à Greve e o fim das pressões existentes de parte das chefias intermédias; a notificação dos pontos avaliativos a todos os trabalhadores; a melhoria da qualidade das refeições nos refeitórios municipais; o investimento em melhores condições de trabalho e a integração imediata de todos os trabalhadores com vínculos precários, ao abrigo da Lei 112/2017.

Este plenário contou com a presença da Comissão Executiva da Direcção Regional de Lisboa do STAL, da União de Sindicatos de Lisboa da CGTP e com a intervenção de José Correia, Presidente do STAL.