Saudação aos Trabalhadores e ao Povo da Grécia

grecia 85d34O STAL saúda os trabalhadores e o povo grego, pelo resultado da votação do referendo de ontem. Ele demonstra a justeza da luta e confirma que lutar vale a pena.

Este resultado é fruto do combate pelo trabalho com direitos e uma vida digna para todos. É o ensinamento de que em democracia o povo é quem mais ordena, que os senhores do dinheiro não podem tudo, que é possível impedir transferência do rendimento do trabalho para o capital prejudicando sempre os mesmos. É igualmente a confirmação de que os povos são capazes de defender a sua liberdade e soberania nacional.
 
Como sabem, também no nosso país, a pretexto das dificuldades económicas e financeiras, as instituições europeias têm imposto, com a absoluta cumplicidade do Governo Português e do Presidente da Republica, todo tipo de medidas que visam a destruição do país, que aumentam as diferenças entre ricos e pobres, entre o norte e o sul, para que fiquemos reféns do capital internacional.

Tal como vós, sabemos que os direitos laborais e sociais, a democracia e a paz se constroem e defendem todos os dias. Que eles têm de ter lugar na Europa que queremos construir, uma Europa solidária, com trabalho com direitos para todos, com direitos sociais, com identidade nacional.

Sempre sentimos que as vossas lutas eram e são as nossas lutas. Hoje sentimos que a vossa vitória também é a de todos aqueles que, ao longo destes anos de austeridade imposta pelas Instituições Europeias e pelo FMI, lutam e acreditam que é possível uma Europa baseada em estados livres e soberanos, iguais em direitos e oportunidades, com políticas que tenham em conta as especificidades e graus de desenvolvimento de cada um.

Essa é a nossa Europa cujo caminho fica mais perto com este vosso exemplo de determinação e coragem.

Para vós as nossas profundas fraternais saudações e a certeza de que continuamos juntos nas lutas e nas vitórias.

Lisboa, 6 de Julho de 2015

A Direcção Nacional do STAL