1978

O ano começou com a negociação da Proposta Reivindicativa Comum (PRC/78), cujo desenvolvimento levou à realização de dois dias de greve nacional, em 6 de Abril e 10 de Maio.

Intensifica-se a luta para obrigar o Governo a considerar-nos trabalhadores e não apenas meros «funcionários e agentes», como é sua pretensão para tornear os preceitos e formulações constitucionais.

O STAL afirma-se como o Sindicato dos Trabalhadores da Administração Local, e não como sindicato de funcionários e agentes ou (muito menos) dos servidores do Estado!

Como resultado da luta desenvolvida no âmbito da PRC/78, assinala-se a fixação da nova tabela salarial a vigorar a partir de Janeiro, melhorias nas comparticipações da ADSE e início dos processos de revisão do Estatuto da Aposentação e reestruturação das carreiras profissionais.

Em finais do ano, é apresentada ao Governo a PRC/79.

  • 1