Governo não respeita os Sindicatos da Frente Comum

stalFC f836dCARREIRAS DE FISCALIZAÇÃO

No passado dia 28 de Março o STAL tomou conhecimento, através de Comunicado do Conselho de Ministros realizado nesse dia, que tinha sido aprovado um decreto-lei alusivo às carreiras de fiscalização.

Ler mais...

Correio da Paz

logo 182x210 78b3dO STAL é sócio colectivo do Conselho Português para a Paz e Cooperação (CPPC) e afirma-se como um Sindicato empenhado no movimento de defesa da paz e de solidariedade com a luta dos povos e dos trabalhadores de todo o mundo.

 


Marcha pela Paz | Vila Nova de Gaia

05.Jun..2019


Debate | Paz e Refugiados | Vila Nova de Gaia

No passado dia 29 de maio, na 3a Bienal Internacional de Arte Gaia 2019, realizou-se um muito participado debate, sobretudo com artistas e professores, sobre o tema da exposição "Paz e Refugiados", com curadoria de Ilda Figueiredo que, em representação do Conselho Português para a Paz e...

03.Jun..2019


Um mundo de paz para as crianças crescerem felizes

No momento em que se assinala o Dia da Criança, o Conselho Português para a Paz e Cooperação (CPPC) reafirma a sua determinação em prosseguir a sua acção em prol da paz, da cooperação e do progresso, essenciais para que as crianças possam ver consagrados e plenamente respeitados os seus direitos a...

31.maio.2019


A Paz e o Desarmamento Nuclear

27.maio.2019


Bombeiros Sapadores e Municipais

181203 ProtestoBombeiros 040 1839a SECRETARIO DE ESTADO ADIA REUNIÃO O STAL

O STAL recebeu ontem, ao fim da tarde, um ofício da SEAI - Secretaria de Estado da Administração Interna a desmarcar a reunião agendada para hoje, dia 2 de Abril, informando que será reagendada para os próximos dias.

A SEAI não deu qualquer justificação ou explicação sobre o motivo do adiamento.

Caso a mesma não seja remarcada rapidamente tomaremos as medidas que acharmos pertinentes para pressionar o governo a ouvir os bombeiros.

Plenário de Trabalhadores na Braval

190401 PlenarioBraval cfafb CONDIÇÕES DE TRABALHO DEGRADANTES NA EMPRESA MULTIMUNICIPAL

O STAL, realizou na empresa Braval - Valorização e Tratamento de Resíduos Sólidos, S. A., em Braga, um Plenário de Trabalhadores pela primeira vez, no qual elegeu um Delegado Sindical, Manuel Mendes.

Ler mais...

Direitos repostos em Alcoutim

alcoutim ff454 STAL ASSINA ACEP COM CÂMARA E UNIÃO DE FREGUESIAS

O STAL assinou, no passado dia 26 de Março, um acordo colectivo (ACEP) com a Câmara Municipal de Alcoutim, repondo os 25 dias úteis de férias (mediante avaliação de desempenho "adequado" ou "superior") e garantindo ainda o direito ao dia do funeral de familiar em terceiro grau.

Manifestação da Juventude trabalhadora

IMG 2561 web ae9aeMILHARES DE JOVENS EM LUTA

Jovens trabalhadores provenientes de vários pontos do País desfilaram hoje, em Lisboa, a exigir o fim da precariedade, emprego estável, salários justos, e o direito a uma vida digna!

Ver fotos

Assinado ACEP com Câmara Municipal de Odemira

190325 ACEP Odemira bcb82 RECONQUISTADOS OS 25 DIAS DE FÉRIAS

O STAL assinou, ontem, dia 25 de Março, um Acordo Colectivo de Empregador Público (ACEP) com a Câmara Municipal de Odemira. Entre outras matérias, os cerca de 500 trabalhadores da autarquia, vêem reposto o direito aos 25 dias úteis de férias, roubados pelo anterior governo Passos/Portas.

Assinado ACEP com Câmara Municipal da Idanha-a-Nova

190322 ACEP Idanha a Nova e34b1 TRABALHADORES RECUPERAM OS 25 DIAS DE FÉRIAS

O STAL assinou com a Câmara Municipal de Idanha-a-Nova um Acordo Colectivo de Empregador Público (ACEP), que vem garantir, entre outros direitos, a reposição dos 25 dias úteis de férias, roubados pelo anterior governo PSD/CDS.

Defender o direito à água e a gestão pública!

AguaDMA 2019 54c89

22 MARÇO, DIA MUNDIAL DA ÁGUA
Não deixar ninguém para trás!
Defender o direito à água e a gestão pública!

«Não deixar ninguém para trás» é o lema escolhido pelas Nações Unidas para celebrar o Dia Mundial da Água de 2019.

Fruto de intensas lutas sociais, a ONU reconheceu em 2010 «o direito à água e ao saneamento como um direito humano essencial para o pleno usufruto da vida e de todos os direitos humanos». Esta vitória histórica foi um passo em frente, mas por si só, insuficiente. Basta lembrar que há países, como o nosso, que votaram favoravelmente mas continuam a rejeitar a consagração legal deste direito no plano nacional.

Ler mais...

STAL entrega petição na Assembleia da República

190306 FaixasSuplemento600px 81e0c

ARMÉNIO CARLOS INTERVÉM NO FINAL DA CONCENTRAÇÃO NACIONAL

A petição do STAL exigindo a aplicação do Suplemento de Insalubridade, Penosidade e Risco em várias actividades nas autarquias, será entregue amanhã, quarta-feira, 20, à Presidência da Assembleia, numa audiência marcada para as 14,30 horas.

Ler mais...

Concentração nacional entrega petição à Assembleia da República

190306 FaixasSuplemento 9edf4

STAL EXIGE APLICAÇÃO SUPLEMENTO DE INSALUBRIDADE, PENOSIDADE E RISCO

O STAL promove, quarta-feira, dia 20, uma concentração nacional pela exigência do reconhecimento da insalubridade, penosidade e risco de várias actividades nas autarquias. A acção prevê um desfile em Lisboa, entre a Rua Braamcamp e a Assembleia da República, com início às 10 horas.

Ler mais...

Ricardo Rio cria clima de suspeição na Câmara de Braga

Braga em Fotos 017 d8c51STAL CONDENA DECLARAÇÕES OFENSIVAS DA DIGNIDADE DOS TRABALHADORES

O STAL manifesta solidariedade aos trabalhadores da CM de Braga, vítimas de um ataque inaudito à sua dignidade por parte do Presidente da Autarquia, Ricardo Rio.

Ler mais...

Lutar pela igualdade e contra a exploração

190308 STAL PostalDiaInternacionalMulher a6459 DIA INTERNACIONAL DA MULHER TRABALHADORA

O STAL saúda as suas associadas e todas as mulheres que laboram no universo dos serviços da Administração Local e Regional pela passagem do Dia Internacional da Mulher, comemorado hoje, 8 de Março, em todo o mundo.

A igualdade entre mulheres e homens, como justamente assinala a CGTP-IN, é um dos objectivos centrais e prioritários de acção do movimento sindical unitário, que promove a participação e representação das trabalhadoras, dinamiza a sua intervenção, organização, reivindicações e lutas contra as desigualdades e discriminações, contribuindo assim também para dignificar as condições laborais de todos os trabalhadores.

Ler mais...