Concentração da CGTP contra o Acordo Laboral do Governo PS

180706 ConcentracaoCGTP 288px 960f6 PELO AUMENTO GERAL DOS SALÁRIOS

Trabalhadores de todo o país estiveram reunidos hoje, 6 de Julho, na Concentração Nacional convocada pela CGTP-IN, junto da Assembleia da República, no dia da votação do Acordo Laboral do Governo PS.

Intervenção do Presidente do STAL

Galeria de fotos

Os trabalhadores vieram até à Assembleia da República, dizer ao Governo que rejeitam o Acordo Laboral e para exigir:

  • O aumento geral dos salários de todos os trabalhadores, do público e do privado, e a fixação do SMN em 650 €, em Janeiro de 2019;
  • O fim da caducidade e de outras normas gravosas da legislação laboral, a reposição do tratamento mais favorável e a renovação automática das convenções;
  • As 35 horas de trabalho semanal para todos, contra a desregulação dos horários, as adaptabilidades, os bancos de horas e os horários concentrados;
  • Pelo emprego estável e com direitos, pelo fim de todas as formas de precariedade pela aplicação da regra de a um posto de trabalho permanente ter de corresponder um contrato de trabalho efectivo;
  • A reposição do vínculo por nomeação na administração pública;
  • O reforço e melhoria do acesso aos serviços públicos e a garantia da universalidade na Saúde, no Ensino, na Segurança social, na Justiça e na Cultura. Políticas sociais justas, que, nomeadamente, combatam a especulação que põe em causa o direito à habitação;
  • O aumento das pensões de reforma, a reposição dos 65 anos como idade legal da reforma e o acesso, sem penalizações, após 40 anos de descontos.

Consola de depuração Joomla

Sessão

Dados do perfil

Utilização de memória

Pedidos à Base de dados