Milhares encerram semana de protesto

LUTA EM DEFESA DAS 35 HORAS VAI CONTINUAR

{avatargalleria src=picasa search=useralbum string=$118015613481792339204/SemanaDeLutaACEPDia5$ responsive width=100% imgcrop=false cr=false swipe=true jquery=latest fullscreen=false info=true showcounter=false height=350px count=100 quality=original theme=september/}STAL encerra semana de protestos com mais de dois milhares de trabalhadores, dirigentes, activistas sindicais e autarcas do distrito de Setúbal.

Termina assim a semana de luta a exigir a publicação aos acordos de 35 horas semanais, e a repudiar o boicote do Governo dos acordos colectivos (ACEP) livremente assinados entre o sindicato e as autarquias.

O Secretário Geral da CGTP-IN, Arménio Carlos, marcou presença na iniciativa e na sua intervenção sublinhou a importância da luta dos trabalhadores da administração local em torno do horário de trabalho. Luta que será vitoriosa e trará benefícios para todos os trabalhadores portugueses.

A concentração deste de trabalhadores impediu temporariamente a circulação automóvel na avenida Infante D. Henrique, frente ao Ministério das Finanças.

Tal como nos dias anteriores, uma delegação procedeu à entrega de um ofício ao Secretário de Estado da Administração Pública, no qual se exigem esclarecimentos pela não publicação de ACEP assinados com municípios, uniões de freguesias, juntas de freguesias e a Associação de Municípios da Região de Setúbal.

STAL reafirma prosseguimento da luta em defesa das 35 horas

Entretanto, no próximo dia 13 de Março está agendada uma greve nacional dos trabalhadores da administração pública, prevendo-se uma forte adesão dos trabalhadores da administração local.

STAL-Informa

Subscreva aqui a Newsletter e receba regularmente informação do STAL.

Partilhe connosco as suas preocupações