STAL canta Janeiras pelas 35 horas

HOJE NO PORTO, AMANHÃ EM LISBOA

{avatargalleria src=picasa search=useralbum string=$118015613481792339204/5DeJaneiroDe2015CantarAsJaneirasPORTO$ responsive width=100% imgcrop=false cr=false swipe=true jquery=latest fullscreen=false info=true height=350px count=100 quality=original theme=september/}

Dirigentes e activistas do STAL cantam hoje, dia 5, no Porto, pelas 15,30 horas os «Cantares aos Reis». Amanhã, pelas dez horas, um grupo desfila pela baixa lisboeta até ao Ministério das Finanças, cantando as Janeiras pela publicação dos ACEP que consagram as 35 horas nas autarquias.

No Porto, a acção de protesto tem a forma do tradicional «Cantar dos Reis», e percorrerá as ruas de Santa Catarina, 31 de Janeiro e Sá da Bandeira, regressando ao ponto de partida.

Na «rusga», cerca de quatro dezenas de dirigentes e delegados sindicais vão sensibilizar a população e os comerciantes da baixa do Porto sobre a justa luta dos trabalhadores das autarquias, nomeadamente em defesa do horário das 35 horas semanais e sete diárias.

Em Lisboa, dirigentes e activistas do STAL juntam-se amanhã, dia 6, no Rossio, com instrumentos musicais e vozes afinadas, descendo pela Rua Augusta e Praça do Comércio, até ao Ministério das Finanças.

Para além de melodias conhecidas com letras escritas para o protesto, os manifestantes irão oferecer como «prenda» ao secretário de Estado uma «edição especial» do Diário da República com todos os acordos publicados.