Semana de luta continua, pela publicação dos ACEP

QUARTO DIA DE PROTESTOS NAS FINANÇAS EM DEFESA DAS 35 HORAS

{avatargalleria src=picasa search=useralbum string=$118015613481792339204/SemanaDeLutaACEPDia4$ responsive width=100% imgcrop=false cr=false swipe=true jquery=latest fullscreen=false info=true showcounter=false height=350px count=100 quality=original theme=september/}Activistas das regiões de Braga, Leiria, Porto, Viana do Castelo e também do STML, estiveram hoje concentrados junto ao Ministério das Finanças, a exigir a publicação dos acordos colectivos que consagram as 35 horas.

Os manifestantes reafirmaram o seu repúdio pela tentativa de impor as 40 horas nas autarquias, e denunciaram o boicote ilegal do Governo à publicação de mais de meio milhar de acordos colectivos que fixam o horário das 35 horas.

Tal como nas anteriores jornadas, uma delegação entregou hoje de manhã um ofício dirigido ao secretário de Estado da Administração Pública, em que dá conta do conjunto de acordos depositados, relativos a entidades autárquicas das regiões representadas, e exige explicações pela sua não publicação à revelia da lei.

A semana de luta termina amanhã, prevendo-se uma forte participação de activistas sindicais e trabalhadores da região de Setúbal.