STAL marca manifestação para 9 de Maio

INTENSIFICAR A LUTA PARA DERROTAR O GOVERNO

9Maio-ManifestacaoadmLocal

A Direcção Nacional do STAL, reunida hoje, 16, decidiu marcar para o próximo dia 9 de Maio uma manifestação nacional, em Lisboa, contra o bloqueio da contratação e o prosseguimento das políticas anti-sociais, que visam provocar mais despedimentos e acentuar a perda de poder de compra dos trabalhadores e aposentados.

Ler mais...

Stal Assina ACEEP com Câmara Municipal do Cadaval.

8 CadavalApós uma longa negociação, o STAL assinou no passado dia 14 de Abril o ACEEP com a Câmara Municipal do Cadaval.
 
Com este acto os trabalhadores deste Municipio vêm resposto um horário de trabalho que vinham praticando há já vários anos.

Ler mais...

Pela publicação dos acordos de 35 horas semanais

CONCENTRAÇÕES NO TERREIRO DO PAÇO DIAS 14 E 15 DE ABRIL

IMG 00000052 net Dirigentes, delegados e activistas sindicais do STAL das regiões de Braga, Porto e Viana do Castelo, estiveram hoje concentrados frente ao Ministério das Finanças e da Administração Local, para exigir a publicação imediata dos acordos de entidade empregadora (ACEEP), que consagram o horário das 35 horas nas autarquias.

Ler mais...

STAL saúda e apoia a marcha do MURPI

APOSENTADOS DAS AUTARQUIAS PRESENTES NA MANIFESTAÇÃO DE SÁBADO

selo Marcha MURPIO STAL saúda a Marcha de Indignação e Protesto «Por Abril, contra os cortes nas pensões» convocada pelo MURPI para amanhã, sábado, 12, e apela aos aposentados das autarquias a participarem neste protesto de massas.

Ler mais...

Adesão de 100% no terceiro dia de greve na HPEM

hpem-sINTRATRABALHADORES, FIRMES NA SUA LUTA, MANTÊM-SE UNIDOS

Esta adesão à greve, no 3º dia, é um forte sinal de que os trabalhadores estão firmes nas suas reivindicações e que têm razão.
Os trabalhadores exigem que a sua cedência à Câmara Municipal de Sintra e aos Serviços Municipalizados lhes garanta:

- as mesmas funções,
- os mesmos salários e suplementos,
- os mesmos horários de trabalho e a estabilidade do seu posto de trabalho.

Ler mais...

Privatização da EGF só interessa ao capital

STAL DENUNCIA DEMAGOGIA DO GOVERNO

privatizarEGFO STAL condena a intenção do Governo em privatizar a EGF a qualquer preço, hoje reafirmada pelo ministro do Ambiente, Jorge Moreira da Silva, contrariando a vontade dos municípios e dos trabalhadores, e em claro prejuízo das populações e do País.

Reagindo às declarações do governante, hoje proferidas no 8.º Fórum Nacional de Resíduos, em Lisboa, o STAL classifica de demagógicas e ilusórias as promessas de Moreira da Silva sobre um eventual desagravamento das tarifas do lixo ao consumidor, na sequência da privatização da EGF.

O STAL refuta ainda a afirmação de que a privatização seria a única alternativa para garantir os investimentos que o sector dos resíduos necessita, recordando que as 11 empresas do grupo EGF fizeram investimentos na ordem dos mil milhões de euros na última década. Só em 2012 estas empresas investiram 45 milhões de euros.

Deste modo, as empresas do grupo público não só já dispõem de infra-estruturas e equipamentos modernos e eficientes, como nos próximos anos podem aceder a amplos fundos comunitários, os quais com a privatização irão parar aos bolsos dos grandes grupos económicos.

Ler mais...

Greve inicia-se com 100% de adesão na HPEM-Sintra

RECOLHA DE LIXO E SERVIÇOS ADMINISTRATIVOS PARALISADOS

Os trabalhadores da HPEM mantêm-se firmes nas suas reivindicações. A adesão à greve convocada pelo STAL é um forte sinal de que os trabalhadores têm razão.

Nos 2 primeiros turnos (das 23h e das 06h) registou se uma adesão de 100%. Às 9h no sector administrativo, os trabalhadores mostraram caminhar no mesmo sentido, com uma adesão também de 100%.

Ler mais...

Almeirim assina ACEEP em defesa das 35 horas

ACEEP AlmeirimCENTENAS DE ACORDOS GARANTEM 35 HORAS SEMANAIS

O STAL assinou na passada quinta-feira, dia 3 de Abril, o Acordo Colectivo de Entidade Empregadora Pública com a Câmara Municipal de Almeirim.

Acordo trava privatização da água

IntermunicipalLouresOdivelas STAL SAÚDA CRIAÇÃO DE INTERMUNICIPAL EM LOURES E ODIVELAS

A Direcção Nacional do STAL enviou hoje, dia 7, uma saudação aos órgãos municipais de Odivelas e Loures, às comissões sindicais e ao núcleo «Água Pública» de Odivelas, congratulando-se com a decisão dos dois municípios, anunciada esta manhã, de constituírem um serviço conjunto de água, saneamento e resíduos.

Ler mais...

Greve mantém-se na HPEM-Sintra

PELA GARANTIA DAS CONDIÇÕES DE TRABALHO

hpem-sINTRA Os trabalhadores da empresa municipal de higiene pública, HPEM - Sintra decidiram manter a greve de quatro dias (de 8 a 11 de Abril), face à recusa do Presidente da Autarquia de garantir a salvaguarda das condições de trabalho por via contratual.

Ler mais...

Tribunal intima secretário de Estado da Administração Pública.

ACORDOS COLECTIVOS DE ENTIDADE EMPREGADORA PÚBLICA

SemanaLutaQuarta22O Tribunal Administrativo de Lisboa intimou o Governo, através do secretário de Estado da Administração Pública, Leite Martins, a fornecer ao Sindicato dos Trabalhadores da Administração Local (STAL) o teor da consulta feita pelo Governo junto da Procuradoria-Geral da República, relativa à contratação coletiva de trabalho.

Ler mais...

Privatização da EGF deve ser travada

STAL REÚNE HOJE COM MINISTRO DO AMBIENTE

egfUma delegação do STAL vai ser recebida pelo ministro do Ambiente, hoje , 4, pelas 15 horas, a quem entregará uma carta manifestando a sua disposição de prosseguir a luta para manter a EGF na esfera pública.

A audiência foi marcada na sequência da concentração de dia 25 frente ao Ministério do Ambiente, que se inseriu na jornada de acções do STAL por todo o País, em defesa dos serviços públicos de resíduos e contra a privatização da EGF.

Na ocasião, uma delegação sindical fez a entrega da resolução sindical e solicitou uma audiência com o ministro Jorge Moreira da Silva.

Ler mais...

Trabalhadores da AMARSUL protestaram em Setúbal

EM DEFESA DA GESTÃO PÚBLICA E DOS POSTOS DE TRABALHO

Os trabalhadores da Amarsul realizaram, no dia 3, pelas 9,30 horas, uma concentração em Setúbal, junto ao Tribunal de Setúbal, em protesto contra a intenção do Governo PSD/CDS em privatizar a Empresa Geral de Fomento/Amarsul.

Após a concentração, os trabalhadores desfilaram pela cidade, entre a Praça do Bocage e as instalações da Autoridade para as Condições de Trabalho.

Ler mais...