STAL reafirma exigência de travar a venda da EGF

140514 SeloResiduos6Junho netSALVAR O PATRIMÓNIO PÚBLICO, IMPEDIR UM CRIME LESA-PÁTRIA

O Conselho de Ministros aprovou, ontem, 18, a venda da EGF ao consórcio Mota/Engil/Suma, prosseguindo a sanha privatizadora apesar de já ter excedido largamente as metas «impostas» pela troika.
 

Ler mais...

Dirigentes e activistas sindicais decidem novas formas de luta

PLENÁRIOS DO STAL E FRENTE COMUM NO DIA 19

Na próxima sexta-feira, 19 de Setembro, dirigentes e activistas do STAL irão estar reunidos em plenário na sede nacional deste sindicato, a partir das 10.30h.
Em discussão estará o ponto de situação dos ACEP, a nova Lei Geral de Trabalho em Funções Públicas, bem como futuras acções e formas de luta.

À tarde, pelas 14.30h, os dirigentes e activistas do STAL, deslocam-se até à Casa do Alentejo, para integrarem os trabalhos do Plenário Nacional da Frente Comum.

Água é de todos

O Projecto de Lei n.º 368/XII "Protecção dos direitos individuais e comuns à água" vai a votos dia 9 de Outubro às 15h, na Assembleia da República.

Exigimos a sua aprovação!

Ler mais...

STAL exige ser ouvido com urgência pela Assembleia da República

PETIÇÃO “EM DEFESA DOS SERVIÇOS PÚBLICOS DE RESÍDUOS”

O STAL entregou no passado dia 7 de Maio na Assembleia da República a Petição “Em defesa dos serviços públicos de resíduos”, exigindo ao Parlamento a tomada de medidas que assegurem a natureza pública destes serviços essenciais e em particular, a manutenção da EGF – Empresa Geral do Fomento, no sector público.

Ler mais...

Governo aprofunda o saque ao IRS e às pensões para pagar juros

EXECUÇÃO ORÇAMENTAL DOS PRIMEIROS SETE MESES

O relatório da execução orçamental referente aos primeiros sete meses do ano comprova que o Governo, persistindo em desrespeitar a Constituição e aprofundar os roubos dos rendimentos dos trabalhadores e dos pensionistas, está condenado a falhar o combate pelo equilíbrio das contas públicas e redução da dívida, que não pára de continuar a aumentar, atingindo já os 134 % do PIB.

Ler mais...

Governo intimado a justificar não publicação dos ACEP

TRIBUNAL DÁ RAZÃO AO STAL

luta pelas 35 horasNa sequência das acções desenvolvidas nos últimos meses frente ao Ministério das Finanças, o STAL interpôs um conjunto de acções em Tribunal contra a tentativa por parte de Governo de boicotar a contratação colectiva, «suspendendo» por tempo indeterminado a publicação das quase cinco centenas de ACEP já assinados.

Ler mais...

STAL pronto para a luta pelos ACEP

acep stalCOMISSÃO EXECUTIVA DO STAL DÁ DUAS SEMANAS AO GOVERNO

A Comissão Executiva da Direcção Nacional do STAL, reunida a 29 Agosto, procedeu ao balanço da situação social e decidiu realizar uma nova acção de luta caso o Governo não publique rapidamente os acordos colectivos.

Ler mais...

STAL exige respeito da legalidade

35 horas para todosGOVERNO PROMETE DECISÃO «A CURTO PRAZO» SOBRE ACEEP

Uma delegação do STAL esteve hoje, dia 27, reunida com o secretário de Estado da Administração Pública, José Leite Martins, a quem voltou a exigir a imediata publicação dos acordos colectivos de empregador público.

Ler mais...

STAL exige publicação dos ACEEP

SemanaLutaQuarta22HOJE ÀS 12 HORAS FRENTE AO MINISTÉRIO DAS FINANÇAS

Uma delegação do STAL reúne-se hoje, às 12 horas, com o secretário de Estado da Administração Pública para ser informada sobre o processo de publicação dos ACEEP.

Ler mais...

Resistir à ofensiva lutar por um Portugal de progresso

39anos STAL COMEMORA 39.º ANIVERSÁRIO

O STAL assinala hoje, 24 de Agosto, o 39.º aniversário da sua fundação, lançando um apelo a todos os trabalhadores, em particular da Administração Local, para que unam esforços e intensifiquem a luta para derrotar o actual Governo PSD/CDS-PP e as suas políticas que arruínam o País e condenam milhões de portugueses à pobreza.

Ler mais...

Chumbo do TC indissociável da luta dos trabalhadores

tribunal constitucionalCORTES SALARIAIS E CONTRIBUIÇÃO DE SOLIDARIEDADE

O acórdão do Tribunal Constitucional (TC) sobre a contribuição de sustentabilidade e os cortes salariais no sector público «não é dissociável» da luta dos trabalhadores e pensionistas e representa mais uma derrota do Governo e do Presidente da República, salienta a CGTP-IN.

Ler mais...

Retrocesso social e marasmo económico

bastaexploracaoGOVERNO PDS/CDS-PP CONDENA PAÍS AO EMPOBRECIMENTO

Os dados do Instituto Nacional de Estatística (INE), divulgados dia 14, mostram que o Produto Interno Bruto (PIB) teve uma evolução no segundo trimestre de apenas 0,8 por cento em relação ao mesmo período de 2013.

Ler mais...

Faleceu Francisco Canais Rocha

p1 FranciscoRochaFoi com profunda consternação que o STAL recebeu a notícia da morte de Francisco Canais Rocha, primeiro Coordenador da Intersindical, após o 25 de Abril. Destacado militante antifascista, sindicalista, historiador, democrata, Canais Rocha nasceu em 1930 em Torres Novas, tendo ali exercido as profissões de marceneiro e carpinteiro de moldes.

Ler mais...

Pela Paz, todos não somos demais!

PALESTINA LIVRE! FIM À AGRESSÃO! FIM À OCUPAÇÃO!

A CGTP-IN, o CPPC e o MPPM promovem um acto público de solidariedade como povo da Palestina.

Dia 7 de Agosto, às 18H, frente à Embaixada de Israel em Lisboa!
(Rua António Enes, 16 - Metro Saldanha)

Participa!

STAL assina acordo de 35 horas com Município de Oliveira de Azemeis

P7310096-ACEEP-OliveiraAzemeisO STAL assinou na quinta-feira dia 31 de Julho o Acordo Colectivo de Entidade Empregadora Pública, com o Município de Oliveira de Azeméis (Distrito de Aveiro), que tem como principal objectivo manter o horário de trabalho de 35 horas semanais.

O acordo visa no essencial a regulamentação dos aspectos relativos à duração e organização do tempo de trabalho de modo a salvaguardar as 35 horas semanais para todos os trabalhadores da autarquia.

STAL-Informa

Subscreva aqui a Newsletter e receba regularmente informação do STAL.

Partilhe connosco as suas preocupações