No dia 2 de Maio de 1975, os trabalhadores da Câmara Municipal do Porto reuniram em plenário para decidir formas de luta face à demora do Governo em equiparar os seus salários aos dos trabalhadores dos Serviços Municipalizados, tendo deliberado cumprir um dia de greve no dia 5 de Maio.

Em 3 de Maio, a Comissão Coordenadora Provisória participa numa reunião com responsáveis do Ministério da Administração Interna, que era na altura o gabinete da tutela.

Nesta reunião, o Governo garantiu a fixação do salário mínimo em 4 mil escudos; o reajustamento entre 11 e 15 por cento para os salários iguais ou inferiores a 11 mil escudos ou 12 mil escudos, tendo em conta a inclusão de remunerações acessórias nos salários, atribuídas a certas funções.

Foi ainda prometida a criação de uma Comissão mista, que incluía representantes dos trabalhadores da Administração Local, para definir e implementar princípios gerais para as medidas a aplicar neste sector.

Entretanto, a Comissão de Trabalhadores da Câmara Municipal do Porto decidiu manter o dia de greve e, num curto período de tempo, desenvolveuse um surto de greves em várias câmaras municipais.

Em 22 de Maio, o Ministério da Administração Interna propôs-se aplicar de imediato as disposições do Decreto-Lei n.º 215-A/75, de 30 de Abril, à actividade sindical dos trabalhadores da Administração Pública, bem como a concessão a 100 por cento do subsídio de férias, a partir do ano de 1975.

Em Junho, foi distribuído aos trabalhadores o ante-projecto de Estatutos do STAL. Nos dias 26, 27 e 28 do mesmo mês, realizou-se em Coimbra o 1º Congresso Nacional das Autarquias Locais, onde o «embrião» do STAL esteve presente.

A primeira proposta de tabela salarial foi entregue ao Governo em 24 de Abril, tendo este apresentado a sua contra-proposta em 20 de Junho.

Pin It
Trabalhadores da CM Espinho exigem melhores...
Sex., Jul. 19, 2024
Integração de trabalhadores com vínculos...
Qua., Jul. 10, 2024
Tratolixo quer impôr “lei da rolha” e negar...
Sex., Jul. 05, 2024
Greve nos SMTCB com adesão total!
Qua., Jul. 03, 2024
Frente Comum reafirma exigências dos...
Ter., Jul. 02, 2024
STAL participou no 11.º Congresso da FSESP
Sex., Jun. 28, 2024
Milhares de trabalhadores protestaram em...
Ter., Jun. 25, 2024
Trabalhadores exigem avaliação justa,...
Seg., Jun. 24, 2024
STAL denuncia privatização de serviços...
Seg., Jun. 24, 2024
Intervenção do STAL obriga a efectivar...
Ter., Jun. 11, 2024
Greve | Elevada adesão encerra vários...
Sex., Jun. 07, 2024
AdN | Trabalhadores rejeitam decisão da ACT
Sex., Jun. 07, 2024
STAL exige urgente valorização dos...
Qui., Jun. 06, 2024
Trabalhadores da Resinorte em luta por...
Qui., Jun. 06, 2024
STAL em luta pela valorização das...
Seg., maio 27, 2024
7 de Junho | Trabalhadores da Resinorte em...
Seg., maio 27, 2024