Melhor Saúde, Mais SNS!

 MG 3824 FrenteComum saude d135cNeste Dia Mundial da Saúde, a Frente Comum saíu à rua em defesa do Serviço Nacional de Saúde, dos seus trabalhadores e de todos os utentes.

O passado recente demonstrou que a Política de Saúde é determinante para a garantia da qualidade de vida das populações.

A Frente Comum sublinha a necessidade de políticas de saúde que reforcem de forma efectiva o SNS.

Ver fotos

Neste quadro, a Frente Comum considera “inadiável”:

  • O efectivo reforço financeiro do SNS, dotando-o de mais e melhores recursos para melhor servir a população;
  • A valorização dos trabalhadores do SNS, garantindo a criação de condições para a sua fixação e retenção no SNS;
  • Um investimento sério numa política de promoção da saúde e prevenção da doença, assente no reforço dos Cuidados de Saúde Primários públicos;
  • Que a regulamentação do estatuto do SNS cumpra os princípios consagrados na Lei de Bases da Saúde;
  • Que a Saúde inclua todas as políticas, nomeadamente, habitação, educação, mobilidade, entre outras.

São os trabalhadores do SNS que, apesar do quadro de exaustão e de carência de recursos materiais e humanos, têm assegurado à população o direito constitucional à Saúde!

Os trabalhadores da administração pública reafirmam a sua vontade em prosseguir a luta pela defesa de um serviço de saúde público, universal e democrático que seja também o garante de melhores condições de vida e de trabalho para todos.