CGTP-IN condena a violência de Israel contra o povo Palestino

palestina A CGTP-IN condena os actos de violência dos últimos dias contra o povo palestino, enquadrados pela decisão de vedar o acesso dos crentes à Mesquita de Al-Aqsa e pela via aberta para a instalação de novos colonatos Israelitas em Jerusalém Oriental.

Desde 1967 que Jerusalém Oriental está ocupada por Israel, desrespeitando o direito internacional. A anterior Administração dos EUA agravou esta situação ao reconhecer Jerusalém como capital do Estado de Israel, reconhecimento que se mantém com a actual presidência de Joseph Biden.

A instalação de novos colonatos em Jerusalém Oriental e na Cisjordânia, com a limpeza étnica da população palestina e apropriação ilegal das suas casas e território, visa a ocupação de todo o território palestino e impedir o direito à constituição de um Estado palestino independente.

Ler mais...

Campanha pela revogação do SIADAP supera as 66 mil assinaturas

 MG 1000 Min 58b08TRABALHADORES MOBILIZAM-SE EM TODO O PAÍS

Esta segunda-feira, 10 de Maio, a Frente Comum entregou no Ministério da Modernização do Estado e da Administração Pública as 66.112 assinaturas recolhidas no âmbito da campanha nacional “AVALIAR SIM, SIADAP NÃO”, que mobilizou os trabalhadores da Administração Pública em todo o País pela revogação do actual sistema de avaliação, que os condena à estagnação nas carreiras e ao congelamento salarial.

Os representantes da Frente Comum reuniram-se com o secretário de Estado da Administração Pública, José Couto, no âmbito do processo negocial com os sindicatos da Administração Pública, e esta segunda reunião, mais uma vez, não passou de "uma mão cheia de nada”, já que o governo continua a não apresentar qualquer proposta para responder às conhecidas reivindicações dos trabalhadores.

Ver fotos

Ler mais...

Trabalhadores das Autarquias dão força à Manifestação Nacional da CGTP-IN, no Porto

 MG 0985 web 857c4LUTAR PELOS DIREITOS E MELHORES CONDIÇÕES DE TRABALHO

Milhares de trabalhadores da Administração Local e Regional juntaram-se hoje, 8 de Maio, à manifestação nacional convocada pela CGTP-IN para afirmar os seus direitos, reclamar melhores salários, horários e condições de trabalho.

Esta acção de luta, que reuniu milhares de trabalhadores de todo o País, que desfilaram pelas principais artérias da Invicta, culminando com uma grande concentração na Avenida dos Aliados, demonstra que os trabalhadores e as estruturas sindicais – nomeadamente os dirigentes, delegados e activistas do STAL – estão em alerta e mobilizados para defender os seus direitos e não permitir que o patronato aproveite qualquer oportunidade para aumentar a exploração e o empobrecimento dos trabalhadores.

Ver fotos

Ver intervenção - Secretária Geral da CGTP-IN

Ver resolução

Ver saudação

Ler mais...

Greve dos trabalhadores da Administração Local!

210422 Cartaz DNLutaAP GreveAdmLocal min ae0c8 20 DE MAIO | DIA NACIONAL DE LUTA DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

Estamos fartos do silêncio do governo PS sobre as nossas propostas, que opta por não dar resposta efectiva aos problemas dos trabalhadores, e insiste em anunciar e implementar medidas que os agravam!

Os aplausos aos trabalhadores da Administração Local, que se desdobraram durante a pandemia, estão longe de responder à exigida valorização do seu trabalho!

Agora, e como sempre, estamos na linha da frente da resposta às necessidades das populações em todas as áreas de intervenção do Estado e, por isso mesmo, exigimos respeito e soluções para os problemas!

Ver cartaz

Ver comunicado

Ler mais...

Milhares de trabalhadores participaram nas comemorações do 1.º de Maio da CGTP-IN

 MG 0080.jpg min a02c8ABRIL CONTINUA, MAIO ESTÁ NA RUA

Passados 131 anos sobre a primeira comemoração da luta vitoriosa dos operários de Chicago pela redução do horário de trabalho, milhares de trabalhadores assinalaram o 1.º de Maio em luta – e na rua – para travar a continuada estratégia de ataque aos direitos dos trabalhadores.

VER FOTOS

Ver intervenção . Secretária Geral da CGTP-IN

Ver resolução

SIADAP - Instrumento ameaçador que provoca grande instabilidade e fragilidade

210325 DossierSiadap Final 1 8303eDOSSIER

O SIADAP, instituído pela Lei 10/2004, de 22/3, começou a aplicar-se à Administração Local em 2006, nos termos do Decreto Regulamentar 6/2006, de 20/6.

É um sistema de avaliação extremamente penalizador e repressivo que cria desigualdades salariais e profissionais, viola direitos e liberdades consignados na Lei e promove políticas persecutórias e de despedimento dos trabalhadores da Administração Pública.

É um sistema injusto que desvirtua o princípio de igualdade de tratamento e a valorização dos trabalhadores, através da imposição de quotas máximas às avaliações mais elevadas ( dos 25% reservados à avaliação de Relevante, apenas 5% poderão ter avaliação de Excelente), que limitam a evolução/valorização profissional e salarial dos trabalhadores, promovem a insatisfação, a desmotivação e potenciam os poderes discricionários do CCA e das chefias.

Ver dossier

Ler mais...

Porto Ambiente recusa aplicar suplemento aos trabalhadores

IMG 20210408 202647 web b97f3APLICAÇÃO DO SUPLEMENTO DE PENOSIDADE E INSALUBRIDADE

O STAL Porto realizou, no passado dia 8, um plenário com trabalhadores da Empresa Municipal de Ambiente do Porto, no qual foi discutido a recusa de aplicação do Suplemento de Penosidade e Insalubridade (SPI). A Câmara Municipal do Porto enquanto entidade detentora da empresa - apesar de ter aplicado aos seus trabalhadores - nega aos da Porto Ambiente qualquer possibilidade de atribuição do SPI, não atendendo ao desgaste físico e psicológico a que estão submetidos num conjunto alargado de tarefas.

Ler mais...

STAL denuncia tentativa de censura à liberdade sindical

Faixa PMLoures 0f0caATITUDE CONDENÁVEL DO COMANDANTE DA POLÍCIA MUNICIPAL DE LOURES

O STAL repudia o comportamento reiterado, persecutório e censório do actual comandante da Polícia Municipal de Loures face às actividades legais e legítimas deste Sindicato na defesa dos direitos dos seus associados e dos trabalhadores de uma forma geral, nomeadamente, os da Administração Local.

Ler mais...

Mais força a Abril | Avançar na luta em Maio

230331 Cartaz25Abril 1Maio min 1190f PARTICIPA NAS INICIATIVAS

Quando comemoramos o 47.º aniversário do 25 de Abril lembramos os ideais de democracia, de justiça social, de desenvolvimento e de solidariedade da Revolução, afirmando o combate contra a exploração, a precaridade laboral e as desigualdades sociais.

Passados 131 anos sobre a primeira comemoração da luta vitoriosa dos operários de Chicago pela redução do horário de trabalho, assinalar o 1.º de Maio em luta – e na rua – é um imperativo para travar a continuada estratégia de ataque aos direitos dos trabalhadores.

Ver comunicado

Ver cartaz

Ler mais...

Frente Comum marca Acção Nacional de Luta para 20 de Maio

fc lUTA min 85bccA Frente Comum dos Sindicatos da Administração Pública anunciou uma Acção Nacional de Luta para dia 20 de Maio, que envolverá todos os seus sindicatos, se até lá não obtiver respostas do governo relativamente à Proposta Reivindicativa Comum para 2021, nomeadamente, quanto aos aumentos salariais para a Função Pública, a valorização das carreiras e a revogação do SIADAP.

A Coordenadora da Frente Comum “decidiu que é preciso dar um passo em frente na luta e demonstrar ao governo que o caminho vai ter que ser outro para os trabalhadores da Administração Pública", exigindo o agendamento de negociação e o início de processos negociais para a resolução dos problemas identificados.

Ler mais...

CGS da ADSE dividido nos aumentos dos co-pagamentos dos beneficiários

adse a157bFRENTE COMUM E MURPI REJEITAM AUMENTOS DAS TRC

O Conselho Geral e de Supervisão discutiu na passada quinta-feira, dia 1,o parecer sobre a proposta de Revisão das Tabelas do Regime Convencionado, documento que foi aprovado com os votos contra dos representantes
dos sindicatos da Frente Comum e do MURPI - Confederação Nacional de Reformados, Pensionistas e Idosos.

Ler mais...

Parlamento nega o direito de indemnização aos trabalhadores vítimas de acidentes em serviço e doenças profissionais

IMG 6272 68e53POR INICIATIVA DO PARTIDO SOCIALISTA

Após sete anos da vergonhosa alteração imposta pelo governo PSD/CDS-PP, que proibiu a acumulação de indemnizações – resultante de acidente ou doença profissional – com a remuneração, a Assembleia da República aprovou um diploma que consuma o roubo do direito à justa reparação de milhares de trabalhadores da Administração Pública.

O STAL condena o diploma recentemente aprovado pelo Parlamento – Decreto da Assembleia da República n.º 123/XIV – que determina que não são acumuláveis com a remuneração as indemnizações fixadas pela Caixa Geral de Aposentações (CGA) relativas a incapacidades permanentes parciais, inferiores a 30%, decorrentes de acidentes em serviço e doenças profissionais.

Ler mais...

É tempo de agir no grupo ADP

210326 COM6 TempoAgir Grupo AdP1 a7e20 A LUTA É COMO A ÁGUA: TANTO BATE ATÉ QUE FURA!

A falta de respostas da administração às reivindicações dos trabalhadores é inaceitável! Os problemas laborais mantêm-se sem resolução há vários anos, menosprezando-se o empenho e a dedicação dos trabalhadores,
que se mantiveram na primeira linha da prestação de um serviço público essencial à população neste difícil contexto sanitário. Os trabalhadores estão fartos e descontentes com a actual situação.

É tempo de os trabalhadores receberem o que lhes é devido!

Passados quase dois anos e meio desde a publicação do Acordo Colectivo de Trabalho (ACT) do Grupo AdP, e três anos após a histórica greve de 24 de Abril de 2018, as questões laborais estão em modo “hibernação”, se não mesmo paradas, por responsabilidade das sucessivas administrações do Grupo, que têm desculpas “esfarrapadas”: primeiro, a administração da AdP não estava completa; depois, a pandemia, que continua a servir de desculpa para tudo, e por aí adiante, menosprezando o empenho e a dedicação dos trabalhadores.

Ver comunicado

Ler mais...

STAL promove tribuna pública em defesa da água de todos

20210322125222 IMG 9483 min 5be2dDIA MUNDIAL DA ÁGUA ASSINALADO EM PAREDES

STAL promoveu esta segunda-feira, em que se celebra o Dia Mundial da Água, uma tribuna pública em Paredes em defesa da valorização da água e da sua gestão pública, sustentável e participada, iniciativa que contou com a participação da Associação Água Pública, da União de Sindicatos do Porto e do eleito da CDU na Assembleia Municipal de Paredes, Cristiano Ribeiro.

Ver declaração

Ver fotos

Ler mais...

STAL exige às autarquias aplicação imediata do suplemento

210308 COM2 SuplementoAutarquiaTemAplicar1 min bb847 O Orçamento do Estado para este ano consagra a atribuição do suplemento de penosidade e insalubridade nas autarquias, fruto da longa e persistente luta desenvolvida pelo STAL e pelos trabalhadores.

Ver comunicado

Vale a pena lutar!

Resultado de mais de duas décadas de luta do STAL e dos trabalhadores da Administração Local, o Orçamento do Estado para 2021 prevê, finalmente, a aplicação de um Suplemento de Penosidade e Insalubridade (SPI), uma importante conquista, mas que fica aquém do que reivindicamos porque deixa de fora muitos trabalhadores e está longe de corresponder às reivindicações do Sindicato e às legítimas expectativas dos trabalhadores. Esta conquista dá mais força à luta que tem de continuar!

Ler mais...