'Circuito Nacional de Denúncia’ em Guimarães

guimarães 3ec79O STAL e a FIEQUIMETAL promoveram esta terça-feira (20 de Julho), em Guimarães, mais uma Tribuna Pública, em que denunciaram publicamente os graves problemas laborais que afectam os milhares de trabalhadores do grupo EGF/Mota&Engil – nomeadamente a degradação crescente dos seus direitos e das suas condições de trabalho, e o desrespeito por parte da administração da empresa pelo direito à Contratação Colectiva –, e reafirmaram a defesa das propostas reivindicativas apresentadas à EGF/Mota&Engil, que se tem recusado a encetar um processo de negociação digno desse nome e ignorado as exigências dos trabalhadores.

Ver fotos

No passado dia 12, iniciou-se o “Circuito Nacional de Denúncia”, em Coimbra, que vai percorrer os locais de trabalho das várias empresas do Grupo EGF/Mota&Engil, e cujas próximas acções estão agendadas para 26 de Julho, em Aveiro (Rua Dr. Lourenço Peixinho, junto à estação da CP); e 2 de Agosto, em Celorico de Basto.

O objectivo destas iniciativas visam a sensibilização das populações e a denúncia pública dos graves problemas laborais que afectam os trabalhadores das empresas do Grupo, da falta de disponibilidade das Administrações das empresas do Grupo EGF/Mota&Engil à discussão séria dos problemas, dos cadernos reivindicativos e da proposta de Acordo Colectivo de Trabalho (ACT) há muito apresentada pelas duas estruturas sindicais, numa clara estratégia de aprofundar a exploração do trabalho, pagando salários de miséria, precarizando os vínculos laborais, discriminando trabalhadores, desrespeitando e violando direitos.