Só pública a água é de todos. Defender os serviços públicos, valorizar os trabalhadores

DNA AguaDeTodos sing 1c30d 1 DE OUTUBRO, DIA NACIONAL DA ÁGUA

Hoje, 1 de Outubro, assinala-se o dia nacional da água, que celebra simbolicamente o início de um novo ano hidrológico.

Esta comemoração tem lugar poucos dias após as eleições autárquicas. Os municípios têm como uma das principais atribuições e competências o abastecimento de água às populações e o tratamento de águas residuais, e a resposta dada durante a crise pandémica, garantindo o direito de todos a estes serviços essenciais à saúde pública, demonstrou que estiveram à altura deste enorme e inesperado desafio.

Nas últimas décadas, os ataques com vista à retirada desta competência às autarquias e a favor da privatização têm sido crescentes, mas a maioria das autarquias tem resistido. E as que entregaram os serviços à gestão privada estão hoje, como é público, confrontadas com contratos ruinosos que penalizam gravemente as autarquias e as respectivas populações, tornando-se em muitos casos, insuportáveis. Depois de Mafra, são vários os processos em curso de remunicipalizacão da gestão da água, como Paredes, Santo Tirso, entre outros que se perspectivam.

Mas as ameaças da privatização não desapareceram.

Prestes a ter início um novo mandato autárquico, o apelo que fazemos aos novos eleitos locais, num quadro em que são cada vez mais evidentes as consequências das alterações climáticas, é para que defendam a água pública e os serviços públicos, que recusem qualquer tentativa de privatização, que invistam e exijam os meios necessários para garantir serviços de água de qualidade às populações e garantam boas condições de trabalho.

Para esses objectivos podem contar com o STAL, com o apoio e a luta dos trabalhadores.